TRADUTOR

Criação De Sites, Criamos E Atualizamos, Apenas Mensalidades

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Bebê nasce com 4 defeitos cardíacos e sobrevive.

   ReproduçãoOs médicos deram poucas chances de vida à criança. Mas, após meses de internação e uma delicada cirurgia, Alfie se recuperou. Quatro dias após dar à luz os gêmeos Alfie e Blair, Natalie McAusland, no sexto mês de gestação, recebeu uma triste notícia. Um de seus filhos nasceu com graves problemas no coração, que inevitavelmente o levaria à morte. “Eles disseram que Alfie era muito pequeno e não sobreviveria até atingir tamanho suficiente para fazer a cirurgia.
Foi devastador. Eles basicamente disseram que não poderiam consertar seu coração e nos aconselharam a deixá-lo ir”, disse Natalie ao jornal britânico Daily Mail.

Apesar do triste prognóstico médico, Natalie e seu marido, Christopher, não deixaram de acreditar que o Alfie ficaria bem. Depois de oito meses internado em uma UTI neonatal, saúde do bebê foi piorando. Nesse momento, os médicos decidiram que não dava mais para adiar a cirurgia que poderia corrigir um buraco em seu coração, o rumo das artérias, de uma válvula cardíaca e dos vasos sanguíneos.


Após 15 horas de cirurgia, Alfie foi levado de volta à UTI. Os médicos não estavam muito otimistas. “Eles disseram que seria difícil ele sair daquela situação, que tinham feito tudo o que podiam”, disse Natalie, que recebeu essa notícia com imenso pesar. Assim, o bebê voltou a respirar com a ajuda de aparelhos e a ter seus batimentos cardíacos estimulados por uma máquina, como era antes da cirurgia.


Mas ao que parece, o menino estava mesmo disposto a vencer prognósticos. Aos poucos, foi se recuperando, de forma inexplicável. “Um milagre”, de acordo com Natalie. Hoje, aos 18 meses, Alfie dispensa o uso de remédios e leva uma vida normal, assim como seu irmão, Blair, que apesar de prematuro, nasceu saudável.


Fonte: CRESCER
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...